Portugal 2020

Designação do projeto | Exportar HF

Código do projeto | Centro-02-0752-FEDER-025338

Objetivo principal | Aumentar o volume de negócios, essencialmente por via das exportações e alargamento das vendas para novos mercados internacionais, através da implementação de um conjunto de atividades ao nível do Marketing e Organização Interna.

Região de intervenção | CENTRO

Entidade beneficiária | HUGO FERNANDES – PORTAS E AUTOMATISMOS S.A.

Data da aprovação | 18-05-2017

Data de início | 01-11-2016

Data de conclusão | 31-10-2018

Custo total elegível | 231.405,02 EUR

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 104.132,26 EUR

Objetivos:

– Aumentar em 3 anos o seu volume de negócios em cerca de 75%;

– Volume de exportações no ano após projeto de mais de 65%;

– Alargar as suas vendas, no mínimo para 5 novos mercados internacionais.

Principais atividades:

– Ações de prospeção e promoção internacional (participação em feiras e certames internacionais do setor e realização de ações diretas de prospeção e captação de novos clientes);

– Registo de marca internacional;

– Campanha internacional de marketing digital;

– Desenvolvimento de um novo plano de comunicação e marketing;

– Aquisição de hardware e software essencial à implementação das atividades anteriores.

Portugal 2020

Designação do projeto | Automatização e internalização de processos

Código do projeto | Centro-02-0853-FEDER-044622

Objetivo principal | Aumentar a sua capacidade produtiva, automatizar e internalizar processos e reduzir os custos com as matérias vendidas.

Região de intervenção | CENTRO

Entidade beneficiária | HUGO FERNANDES – PORTAS E AUTOMATISMOS S.A.

Data da aprovação | 12-08-2019

Data de início | 01-04-2019

Data de conclusão | 31-03-2021

Custo total elegível | 966.619,34 EUR

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 280.631,42 EUR

Objetivos:

– Aumentar a capacidade produtiva atualmente instalada em 80%;

– Atingir um volume de negócios de 15.322.525€ até ao ano 2023;

– Em 2023, a intensidade de exportação, representar cerca de 60% das vendas totais;

– Lançar no mercado produtos novos e/ou com novas funcionalidades e certificados;

– Consolidar internacionalmente a marca DOORGATE.

Principais atividades:

1) Adquirir um conjunto de equipamentos tecnológicos e energeticamente evoluídas que lhe permitirão automatizar e internalizar todo o processo produtivo, produzir um novo produto:

2) Aquisição de novas matrizes e moldes exclusivos;

3) Certificação internacional de produto;

4) Atualização de todo o sistema de gestão, acompanhamento e controlo, integrando os novos equipamentos e acrescentando funcionalidade.